PROTEÇÃO SOLAR UVAs E UVBs
E COMO PROTEGER A SUA PELE

O sol produz vários tipos de raios ultravioleta. Embora os raios ultravioleta representem apenas uma pequena proporção dos raios solares que atingem a Terra, eles são muito poderosos. Existem vários tipos de raios ultravioleta: UVCs, que são filtrados pela camada de ozônio, e UVAs e UVBs, que atingem a superfície.

Os UVAs estão presentes o ano todo e representam 95% dos UVs que atingem a superfície da Terra. Eles podem penetrar na pele profundamente, até as células dérmicas. Os UVAs podem alterar as células a longo prazo e levar ao fotoenvelhecimento, alergias (vermelhidão, coceira), distúrbios pigmentares (manchas, máscara de gravidez). Os danos causados pela superexposição ao sol podem levar ao desenvolvimento de câncer de pele.

Os UVBs representam 5% dos raios ultravioleta que chegam até nós. Eles têm uma energia muito alta e, embora sejam interrompidos por nuvens e vidro, podem penetrar na epiderme. Esses raios podem causar bronzeamento, mas também queimaduras de sol, reações alérgicas e câncer de pele. É por isso que é importante proteger a pele tanto dos UVAs quanto dos UVBs.

Além disso, alguns tratamentos contra o câncer tornam a pele mais sensível à luz solar. Portanto, mesmo pequenas quantidades de exposição ao sol podem levar a efeitos adversos.

SUA PROTEÇÃO SOLAR DIÁRIA
DURANTE OS TRATAMENTOS


Os UVAs estão presentes o ano todo, em todos os lugares e em todas as estações. Mesmo em dias nublados, eles penetram na derme e podem causar danos irreversíveis à pele. Por isso, é recomendável usar diariamente um creme com fator de proteção suficiente.

Alguns efeitos adversos dos tratamentos (inflamação, ressecamento, alteração da barreira cutânea, hiperpigmentação) podem piorar com a exposição ao sol. Por isso, é fundamental proteger a pele.

Prefira produtos de proteção hipoalergênicos formulados para peles sensíveis e que sejam agradáveis de aplicar na pele, pois é importante protegê-la todos os dias.

Desde o início do tratamento até um ano após o término, deve-se usar um protetor solar que inclua filtros UVA e UVB com altos fatores de proteção para proteger a pele fragilizada pelos tratamentos.

Peça conselho ao seu dermatologista. Seu médico será capaz de dizer quando você pode aplicar um determinado produto com base na condição da sua pele. Em alguns casos, evitar estritamente a exposição ao sol pode ser recomendado por enquanto.

EM CASO DE
EXPOSIÇÃO PROLONGADA



• Exposição prolongada é qualquer tipo de exposição contínua, como atividades ao ar livre, tempo na praia ou na montanha. Você deve tomar algumas precauções nesses casos.

•  Evite qualquer exposição entre meio-dia e 16h, quando o sol está no zênite. Se não puder evitar, proteja a pele com roupas (camiseta de manga comprida e calças), óculos escuros, chapéu ou boné.

• Na medida do possível, planeje fazer qualquer trabalho ao ar livre no início da manhã ou no final da tarde e trabalhar na sombra. Guarda-sóis, edifícios, árvores, toldos, etc., podem ser usados para proteger sua pele contra os raios solares diretos.

• Escolha o seu protetor solar na forma de creme, gel ou fluido com FPS maiores do que FPS 50, com proteção UVA balanceada, como os da linha Anthelios de La Roche-Posay.


•Aplique o protetor solar após o hidratante, sem esquecer as orelhas, lábios, frente e costas do pescoço, palmas das mãos, solas dos pés e couro cabeludo, se necessário, pois essas zonas são frequentemente negligenciadas.

• Reaplique a cada duas horas em todas as áreas expostas se estiver fazendo atividades ao ar livre.

• Elimine o bronzeamento artificial para sempre.

Fonte SFD (http://www.sfdermato.org/)

VERDADEIRO
OU FALSO

SUAS MÃOS E PÉS PODEM RESSECAR MAIS FACILMENTE DURANTE O TRATAMENTO DO CÂNCER.

VERDADEIRO

Suas mãos, pés e lábios requerem atenção e cuidado especiais. Como têm poucas glândulas sebáceas, têm menos óleos protetores. Isso significa que eles tendem a secar mais rápido, especialmente quando são confrontados com múltiplas agressões ambientais ou um protocole de câncer pesado. A pele pode engrossar, rachar e ficar dolorida. Você precisa nutri-los e protegê-los com um creme como o Cicaplast Baume B5.
 
Leia mais

O SOL É BOM PARA VOCÊ SE VOCÊ ESTÁ SOB UM TRATAMENTO DE CÂNCER.

FALSO

Alguns tratamentos contra o câncer tornam a pele mais sensível à luz solar. A exposição à radiação ultravioleta (UV) coloca você em risco de queimaduras de sol muito intensas, por isso geralmente é aconselhável evitar qualquer exposição ao sol. Deve ter ainda mais cuidado se estiver a fazer radioterapia, uma vez que pode ocorrer radiodermatite crónica, em alguns casos, até vários anos após o seu tratamento.
Leia mais

ÁGUA TÉRMICA DE LA ROCHE-POSAY TEM PROPRIEDADES SUAVIZANTES.

VERDADEIRO

Sim! A "água aveludada" de La Roche-Posay é reconhecida por suas propriedades antiinflamatórias, curativas e calmantes.
Leia mais

NÓS TAMBÉM TEMOS
UMA LINHA PARA ISSO

A ANTHELIOS é pioneira no mercado de protetores solares. Seu amplo espectro de proteção muito alta é o resultado de quase 30 anos de pesquisas clínicas avançadas em cuidados com o sol e peles sensíveis.

NOSSOS COMPROMISSOS
COM A SEGURANÇA

Padrões de segurança além dos regulamentos internacionais de cosméticos.

Mulher com um produto no rosto | La Roche-Posay

PRODUTOS 100%
HIPOALERGÊNICOS

Ver mais
Um pré-requisito = nenhuma reação alérgica. Se percebemos um único caso, voltamos para o laboratório e refazemos a fórmula.
Produto La Roche-Posay

APENAS O ESSENCIAL,
NA DOSE ATIVA CERTA

Ver mais
Desenvolvidos em colaboração com dermatologistas e toxicologistas, nossos produtos contêm apenas os ingredientes necessários, na dose ativa certa.
Imagem de duas mãos segurando o produto Effaclar | La Roche-Posay

PROTEÇÃO DA FÓRMULA AO
LONGO DO TEMPO

Ver mais
Nós selecionamos as embalagens que mais protegem apenas com os conservantes necessários para garantir uma tolerância e eficácia perfeitas ao longo do tempo.
Testado em peles muito sensíveis | La Roche-Posay

TESTADO EM
PELES SENSÍVEIS

Ver mais